Thursday, October 01, 2015
Nao estas aqui

Nao estas aqui. Nao estas aqui, repito. Mas sinto que estas. O meu pensamento transporta-te aqui. Sinto o teu cheiro, o teu toque, escuto a tua voz. Fecho os olhos e abraco-te e beijo-te. Nao estas mais aqui. Tenho de repetir varias vezes. Mesmo assim nao acredito. Onde fica o que passou? Quem o tem? Nao estas aqui mas sinto-te mais presente do que se estivesses porque quero ter-te em tudo o que faco por isso arranjo formas de te relembrar a todo o instante. Se isto nao e amor, o que e? Nao sei de ti. Nao estas aqui. E tambem nao sei mais onde te procurar. So em mim te encontro. Sei que nao estas aqui. E tambem sinto que doi. E um amor que doi. E mesmo assim eu quero como se eu fosse uma masoquista louca e gostasse de sofrer. Se eu disser que me estas presente todos os dias, e verdade. E contigo que eu sonho. E a ti que eu desejo. E a ti que eu amo. Embora saiba que contigo a caminhada seria impossivel. Nao sei o que es. Onde estas. O que fazes. So sei que aqui nao estas e eu nao consigo arrancar-te ca de dentro por mais que queira e nao queira ao mesmo tempo, com todas as minhas forças. Daqui a pouco vou agir como se estivesse tudo bem mas não esta, nunca vai estar. E se o que desejamos tem realmente força, devias estar aqui, ser carne minha. Mas abro os olhos e nao estas aqui.

Posted at Thursday, October 01, 2015 by susana

 

Leave a Comment:

Name


Homepage (optional)


Comments





Previous Entry Home




<< October 2015 >>
Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat
 01 02 03
04 05 06 07 08 09 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31



If you want to be updated on this weblog Enter your email here:



rss feed