Monday, April 28, 2014
i

isto que escrevo é para ti talvez quando o leres eu já tenha morrido me esquecido de quem sou isto que escrevo é para ti como o são todas as coisas e vejo-te e espero-te e sonho-te e és-me para sempre mesmo que o para sempre tenha ficado lá atrás e jamais volte isto que escrevo é para ti e quero que saibas que me dói que todos os dias me dói o que não aconteceu

Posted at Monday, April 28, 2014 by susana

 

Leave a Comment:

Name


Homepage (optional)


Comments





Previous Entry Home Next Entry




<< April 2014 >>
Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat
 01 02 03 04 05
06 07 08 09 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30



If you want to be updated on this weblog Enter your email here:



rss feed