Saturday, October 29, 2011
<

chove e cá dentro também é vermelho e dói caem pingos na calçada e o que sinto cheira a ti tem ossos tem asas de borboleta tem cor de sonho escorrego do fundo para o princípio de mim mesma e o que trago é a tua voz imprecisa incoerente inconstante transporto o meu corpo para outra de mim mesma esta não lhe serve mais

Posted at Saturday, October 29, 2011 by susana

 

Leave a Comment:

Name


Homepage (optional)


Comments





Previous Entry Home Next Entry




<< October 2011 >>
Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat
 01
02 03 04 05 06 07 08
09 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31



If you want to be updated on this weblog Enter your email here:



rss feed